Quintal da Praça

O Quintal ocupa a praça para dialogar diretamente com a linguagem local sobre a cultura do brincar contemplando oficinas, vivências, práticas corporais, programação infantil, bate-papo e etc.

A ideia é propagar a importância de permitir e, mais ainda, promover brincadeiras livres, sem necessariamente conduzir as crianças, para que elas construam seus desafios e sua capacidade de superá-los fortalecendo o desenvolvimento autonomia. Ao mesmo tempo, é uma oportunidade para que os adultos que estão zelando por elas na praça se conectem com o estado de presença que as crianças vivem! Experimentar, ter medo, ir além, reconhecer os limites, transformar rapidamente as emoções, criar a todo tempo, viver na ação e não na mente e etc. Observar uma criança e zelar por ela pode ser muito potente! Para apoiar esse estado, nossos educadores estarão disponíveis guiando-os e apresentando propostas práticas como: mediação de conflitos, caminhos para a construção da criatividade e da autonomia, limites com amor e etc. Levamos poucos brinquedos apenas para chamar a atenção das famílias, mas nosso foco é no livre brincar, a céu aberto, com materiais da natureza, com qualquer brincadeira que surgir naturalmente das crianças.

No dia 27/05 das 9h às 11h estaremos no Festival Caymmi no Parque da Cidade. Será uma homenagem ao dia da Mata Atlântica e também a Semana Mundia do Brincar!

A semana de 22 à 27 de maio é a Semana Mundial do Brincar e têm tudo de consonância com nossa proposta da Educação Viva e Consciente!

“A Semana Mundial do Brincar propõe, por trás de toda a programação, que nos atentemos às pressões que muitas vezes recaem sobre a criança – a correria do dia a dia, o que é imposto – e que acaba atropelando seu desenvolvimento individual e único. O tempo de brincar é o tempo da convivência, da descoberta, do sentir e se encantar pelo mundo. E o ritmo torna o tempo saudável. Brincadeiras do dia e da noite, brincadeiras que acendem e agitam o corpo, brincadeiras que acalmam, brincadeiras para imaginar, para sonhar, para pular, para viver, para colocar o ritmo desses pequenos conectado aos ritmos da natureza.” (Aliança Pela Infância

Participação gratuita. Sejam bem vindos ao Quintal na Praça!